Wednesday, March 07, 2007

SG – uma Sequência

1. Homem de Olhar Digestivo (Ventil)

Homem de olhar digestivo,
fora fixo, dentro carburando
lemas, poemas, dilemas.
Homem atravessado de pombas
como uma estátua de ar,
louco manso de café,
o guarda-chuva encostado à perna esquerda
como um pénis suplente.
O braço esquerdo paralisado por alguma dor antiga,
tratado, por delicadeza de Natália, por
Senhor João, à beira da chuva que
devagar há-de tomar
a vez do sol,
terça-feira de Carnaval.
Velho de 40 anos,
calças de bombazina cor-de-tijolo,
botas de napa, solas de borracha,
camursina cor-de-sopa-de-espinafres,
fumador lento de Ventil.
Unhas agrafadas por meias-luas pulmonares,
opiáceos de Ventil índex e médio direitos.
Magro e alto, camisa de marinheiro
que nunca viu (nem verá) o mar.

É o meu homem da tarde.
Terça-feira de Carnaval,
trabalhei um pouco de manhã,
um pouco mais depois de almoço,
deram-me o resto da tarde,
vim ver o que dava.

Deu ele.



2. Mulher Rejeitada (Filtro)

Mulher, dizem no café, que enlouqueceu de rejeição,
o amor unilateral que segue queimando-lhe a boca
é que lhe dá lume e aos sucessivos cigarros (Filtro).
Talvez menos louca que mnemónica,
melódica que harmónica,
surda que tónica.
Não sei. Não posso saber tudo.
Estou de folga, escrevo para não perder
o comboio das horas.
Olhos (os dela) que já azuis foram,
hoje escorridos como tinta não cozida
sobre azulejo.
Em torno dela, fora dela, famílias
merendam, álacres e alarves,
alheias.
É estrangeira como as árvores.
Quando se ri, as pessoas calam-se,
esperando que lhe passe.
Não tem superpoderes.
Folheia há anos a mesma edição da
Moda Noivas.
À tardinha, vai-se embora,
a cara toda borrada de azul escorrido.
Manhã cedo, regressa.
Compra quatro maços de Filtro:
azuis-escuros, como dizem,
no café, que, outrora,
seus olhos.



3. Big Brother (Gigante)

Feitas algumas contas, soma-se que nem sempre foi,
ele, amado como o deveríamos ter.
As botas e as calças puíram-lhe até a memória.
Mais meia dúzia de livros não lidos, um bloco
de apontamentos só com a primeira página
arrancada. Que desenho, de que envergadura,
terá contido?



Caramulo, tarde de 20 de Fevereiro de 2007

1 comment:

Uma vida... said...

É mesmo isso o que observamos...assim. Sem mais.