Thursday, August 24, 2006

Página 26

Faleceu Viriato Laranjeira Baracho, foto tipo-passe que deixou eterna saudade ao jornal, além de esposa, filho, nora, netos, cunhados, tias, sobrinhos, demais família, amigos e clientes. Arde desde ontem sua câmara, prevendo-se que, à hora crepuscular deste texto (que é um poema, e mais não parece), haja já sido sepultado no chão frio. Na página seguinte a Viriato Laranjeira Baracho, astrologia e massagismo.



Caramulo, tarde de 18 de Agosto de 2006

2 comments:

Paula Raposo said...

É assim. Necrologia nos jornais...um nome e uma fotografia tipo passe!

Paulo G. Trilho Prudencio said...

"...chão frio", tão frio, que até os ossos estalam (sem o sabermos)... dizem que estalam?