Wednesday, February 01, 2006

Olaria

Uma olaria de sangue - o coração.
As mãos sujas de coração.
As mãos encarnadas escrevendo apelos.
Muitas cartas - um só apelo de barro:
I wish not to die, I wish not to live.

8 comments:

Anonymous said...

um belo sorriso.

Anonymous said...

Tantos sorrisos, senhores!!!!

Anonymous said...

Sorrisos? São lágrimas, senhores!

Anonymous said...

sáo dálias, senhor!
Isabel

Sandra Feliciano said...

mas uma olaria é um local de transformação. Uma oficina, onde se trabalha, com arte, dedicação e paciência, a matéria-prima disforme, para que se torne obra-prima, viva e concreta.

será assim tão diferente com os corações? Não seremos todos oleiros dos nossos amores?...

Anonymous said...

Eu diria que é um "operário" em construção.

Sandra Feliciano said...

Sim, também somos oleiros de nós mesmos. Até porque se não o formos, mais ninguém o será por nós... ;-)

riacho said...

É deixá-lo secar.